Dignus

Ricardo Pocinho, presidente da Associação de Gerontologia Social, defende que a pandemia terá impactos na saúde mental dos portugueses a longo prazo, e que é preciso olhar para os isolamentos e para os confinamentos sem esquecer o contexto da história pessoal.

Ricardo Pocinho, presidente da Associação de Gerontologia Social, defende que a pandemia terá impactos na saúde mental dos portugueses a longo prazo, e que é preciso olhar para os isolamentos e para os confinamentos sem esquecer o contexto da história pessoal.
2021 © Socialgest